MAIS INFORMAÇÕES:

Melhorar a sua compreensão gramatical

//Melhorar a sua compreensão gramatical

Muitas pessoas acham que estudar gramática é uma coisa aborrecida, dá muito trabalho e que aprendem uma língua sem a estudar. Sim, é possível se viver num país a lidar com nativos todos os dias. Aí sim, pela prática acaba por aprender. Mas no seu país é diferente porque estuda a segunda língua duas ou três vezes por semana e quando sai das aulas, acaba por ali. Temos de tentar perceber a sua importância no estudo da língua e desmitificar a sua dificuldade.

A gramática não é como a matemática, mas tem uma lógica subjacente ao funcionamento da língua. Se não fosse a gramática e as suas regras, as línguas não tinham estrutura. Seria como um corpo humano sem esqueleto. Uma língua seria uma amálgama de palavras sem sentido. A gramática e as suas regras, serve para sabermos construir frases percetíveis para interpretarmos o que lemos e ouvimos. Só dessa forma podemos comunicar com o nosso interlocutor.

A compreensão gramatical está na base das nossas capacidades linguísticas nas diferentes áreas do funcionamento da língua. Por exemplo, se não soubermos que os artigos têm de estar em concordância com os substantivos e/ou com os adjetivos, ou que os verbos têm de estar em concordância com os pronomes pessoais, o nosso discurso verbal ou escrito torna-se confuso e pouco percetível.

Mesmo a nossa língua mãe, embora de uma forma mais natural porque já a sabemos falar, temos de a estudar e compreender. Numa língua estrangeira, a aprendizagem não é tão intuitiva nem tão fácil porque temos de estudar e aprender tudo ao mesmo tempo.

A gramática não é a única componente da língua e ninguém pode comunicar só com gramática. Para melhor a compreender e aprender é necessário escrever, falar, ler e ouvir. Já deve ter ouvido “não me soa bem”? Isto transmite a importância da oralidade na aprendizagem e da forma como inconscientemente temos a noção de que há alguma coisa que não está bem. Para podermos comunicar, quer através da escrita, quer através da conversação, temos de conhecer a estrutura gramatical da língua.

Com a prática de todas as vertentes da língua, a compreensão da gramática torna-se muito mais fácil porque a reconhecemos quando estamos a ler, quando escrevemos, quando falamos e quando ouvimos.

Hoje em dia os exercícios são muito mais apelativos, quer na sua apresentação quer na sua explicação. Existem também muitos exercícios online apresentados de uma forma criativa e inovadora que até tornam a aprendizagem divertida.

O papel mais relevante cabe ao professor que tem a tarefa de descomplicar e tornar a aprendizagem simples e apelativa, explicando e esclarecendo as dúvidas de uma forma acessível, percetível e ajudando o aluno a perceber as diferentes regras e as suas exceções. Durante uma aula, o tempo dedicado às diferentes vertentes da língua, deve ser controlado para que nenhuma delas se torne aborrecida. Ninguém aguenta uma aula inteira de gramática! Até porque a maior parte dos alunos quer falar e isso tem de acontecer em todas as aulas.

A importância da gramática na aprendizagem de uma língua, é indiscutível. Mas, igualmente indiscutíveis são a leitura, a compreensão oral, a produção oral e a interação oral. A língua é um todo e as suas vertentes não são dissociáveis.

2018-02-19T22:16:44+00:00